segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Exclusivo: prefeito diz que é artimanha política tentar ligar gestão a caso de maus-tratos de animais

Falei com exclusividade com o prefeito Fábio Junqueira (PMDB) sobre o caso dos animais de seu assessor de Comunicação Diego Soares apreendidos pela SEMA com suspeita de maus-tratos. Ele me disse que sabia que Diego cria aves de diversas espécies e de pequeno porte, mas que não há nenhum envolvimento com a gestão e não sabia de maus-tratos ou rinha de galo. “Se for julgado culpado logicamente deverá responder por seus atos”, disse.

Sobre a tentativa de certo site de notícias de envolver Fábio ao fato, ele disse: “trata-se tão somente de artimanha política do órgão noticioso que infelizmente é desprovido de conduta imparcial e tem motivação política. Está a serviço de adversários”.

Os ‘maus-tratos’ aos animais viraram o assunto do momento na cidade: tiro em cachorro, galos de briga, etc. O tema virou um prato cheio aos inquisidores. Como se esses fossem os maiores problemas de Tangará da Serra hoje e como se isso fosse novidade. Não, não é novidade.

Diego Soares/Assessor de Imprensa da Prefeitura
O apresentador Sílvio Delmondes afirma que não há novidade nenhuma nisso, inclusive mostrou em seu programa sexta-feira um pen drive onde segundo ele há imagens comprometedoras de rinhas de galo envolvendo pessoas da sociedade tangaraense.

Parece que não há nada de novo nisso mesmo.

Porém, corre que os envolvidos nos dois casos, dos tiros no cachorro e maus-tratos de galos, são ligados politicamente a atual administração municipal. Aí já viu né, um prato cheio para a imprensa marrom que ao que parece é patrocinada por quem tem a ganhar com isso.