sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Deu no Diário de Cuiabá: Ramos admite que reluta em ir para o PMDB por causa de Junqueira

Ramos disse que haveria choque entre ele e Junqueira
Há algumas semanas que tenho comentado aqui neste espaço e no Diário da Serra sobre uma relutância do deputado estadual Wagner Ramos (ainda filiado ao PR) em ir para o PMDB devido à desarranjos com forças políticas do PMDB de Tangará da Serra. Ontem, em entrevista ao jornalista do Diário de Cuiabá Rafael Costa, Ramos voltou a falar do assunto e deixou claro que esta força tem nome: Fábio Martins Junqueira, o prefeito de Tangará da Serra.

Assim diz o Diário de Cuiabá:
“Afilhado político do senador Blairo Maggi, o deputado estadual Wagner Ramos (PR) também foi convidado por ele para assinar ficha de filiação ao PMDB. Porém, avalia que pode criar problemas em sua base eleitoral, pois o atual prefeito de Tangará da Serra, Fábio Martins Junqueira (PMDB), é seu adversário político.”

E continua:
“’Eu iria para o PMDB pelo Blairo. Meu maior desejo é poder segui-lo, só que hoje a questão do prefeito de Tangará da Serra me faz pensar sobre essa troca de partido. Seria um choque’, finalizou.”

Resumindo: 
Para Ramos é difícil engolir e comungar com a política de Junqueira em detrimento de seus ideais e de aliados que o acompanham há mais de uma década.

Junqueira, por sua vez, disse ao Tangará Online o seguinte: “O Wagner é bem-vindo. É um deputado eleito por Tangará da Serra e que valorizamos se vier como soldado do partido”.