domingo, 20 de dezembro de 2015

Senador afirma que Fábio Junqueira é bom gestor porque sabe dizer não

Senador Fagundes e Prefeito Fábio em reunião em Tangará
Que o prefeito Fábio Junqueira, do PMDB, é bom em dizer não isso todo mundo já sabe. Se não estiver do agrado dele o 'não ' é evidente, é imediato. Um secretário me contou que certa vez para ter um projeto simples, de valor baixo, menos de 15 mil reais, teve que receber 4 não s do prefeito...somente na quinta tentativa é que recebeu um sim.

Quando digo 'do agrado dele', me refiro a algumas circunstâncias que no entendimento de Fábio devem ser respeitadas: qualidade, objetividade e importância social, por exemplo. Fábio jamais aprova um projeto que esteja em desacordo com a Constituição, com o clamor popular ou com a realidade orçamentária. quase 100% dos projetos passam pelas mãos dele antes de serem executados.

Centralizador. Ou seria tecnocrata?

Essa qualidade de Fábio, vista por muitos como defeito, recebeu elogios do senador Wellington Fagundes (PR). "Para ser bom gestor tem que saber dizer não", disse o senador durante a instalação da Unidade da Justiça Federal em Tangará. "Todos conhecemos o Fabinho e sabemos que ele é um ótimo gestor, está transformando Tangará e faz boa gestão porque sabe dizer não", completou.

Após a cerimônia perguntei ao senador o que ele quis dizer com isso. Ele me explicou que Fábio sabe dizer não a serviços mal feitos, a espertinhos que querem se aproveitar do bem público e principalmente, Fábio sabe dizer não a pior hérnia da política brasileira: a corrupção.

Palavras do senador Wellington Fagundes, um dos homens mais poderosos da política mato-grossense que está há quase 30 anos no poder. Talvez ele saiba o que está falando, talvez esteja a tanto tempo assim no poder porque assim como Fábio sabe dizer não.

Lição para uns políticos tangaraenses que estão começando agora e dizem sim a tudo, tudo mesmo.