quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Taques diz não, nega R$ 4 milhões para hospital de Tangará, mas libera R$ 50 milhões para novo Pronto Socorro de Cuiabá

Pra Tangará, Taques só diz: - Não!
E tudo não passou de zunzunzum, balela, conversa pra boi dormir, papo para enganar os tolos. Os tão esperados R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) “assegurados” por emenda do deputado Wagner Ramos, do PR, no Orçamento 2015 Governo do Estado não virão assim tão gordinhos, com tantos zeros, com tantos ‘ões’.


Aliás, não virá um centavo dos 4 milhões garantidos no ano passado através de emenda do deputado ao Orçamento do Fundo Estadual de Saúde no Projeto nº 244/2014, referente a Lei Orçamentária Anual 2015. Wagner até que tentou, mas o governador Pedro Taques, do PSDB, mais uma vez disse não.

A informação foi confirmada por membros do próprio governo durante reunião em Cuiabá com a presença do prefeito Fábio Junqueira, do PMDB. Agora, o prefeito, o deputado e outros políticos lutam para conseguirem pelo menos R$ 1 milhão e 200 mil de outra emenda também do Wagner Ramos.

O recurso, tolhido por Taques, seria para equipar o novo Hospital Municipal (antiga Santa Casa), implantando leitos de maternidade e UTIs. A própria gestão municipal já admite inaugurar o hospital sem os dois serviços por falta de equipamento.

Esse é mais um dos incontáveis nãos que Taques já deu para Tangará, onde recebeu na última eleição expressivos 27.895 votos contra 10.990 de seu adversário Lúdio Cabral, do PT. Tangará acreditou nele e agora ele vira as costas para nossa cidade. Acho até que ele tem algo contra nosso município, pois no início dessa semana anunciou R$ 50 milhões para a construção de um pronto-socorro novinho em folha em Cuiabá. Não tem R$ 4 milhões pra Tangará, mas tem R$ 50 milhões pra Cuiabá.

Por que Tangará só recebe nãos de Taques? O que tá faltando? Força política? Puxar o saco, ser baba-ovo do governador? Tangará merece mais que migalhas, merece ser tratada como cidade polo que é, com respeito e veneração pela importância que tem.


Parabéns deputado Wagner Ramos por mais uma vez ter tentado, quem sabe um dia dá certo.