quarta-feira, 18 de maio de 2016

Para concluir academias a tempo da inauguração, secretário paralisa outras obras importantes

Servidores que construíam Praça da Bíblia foram remanejados
para terminar academias colocadas na programação de aniversário
sem estarem concluídas.
Equipe empenhada e maquinário trabalhando a todo vapor. Tudo isso para que mais quatro academias da Terceira Idade (Distrito de Progresso, Jardim Rio Preto, Jardim Santa Lúcia e Bosque Municipal) construídas pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra) sejam entregues na data que consta na programação de aniversário de 40 anos do município. Tiveram a proeza de colocar na programação oficial a inauguração das academias e sequer as obras tinham iniciado. A data para inauguração está marcada para o dia 27 deste mês.

Mas para que todo esse trabalho realizado ‘em cima de hora’ pela Sinfra tenha resultado é preciso dar um ‘jeitinho’.  E a maneira encontrada pelo secretário de infraestrutura, Selton Vieira, foi desfazer a equipe que trabalha na construção da Praça da Bíblia e destinar parte dos servidores às obras dessas academias. 

É como diz o ditado: descobre um santo para cobrir outro.

Com isso, as obras da nova praça que já estão atrasadas vão demorar ainda mais para serem entregues. Vale ressaltar que a praça está sendo construída com recursos próprios e nem entrou na programação de aniversário da cidade.

O Blog apurou que servidores da Sinfra não estão muito contentes com a atuação do secretário e se mostram indignados com algumas atitudes tomadas por ele. Uma delas é que constantemente o secretário disponibiliza servidores da Sinfra para realizar reparos em outras secretarias, prejudicando desta forma as obras realizadas diariamente.

Mas... voltando à Praça da Bíblia... o assunto tem ganhado destaque nos últimos dias pela demora da conclusão de suas obras e a arquitetura que não agradou. 


Apesar de não ter ainda concluído o paisagismo do local, a nova praça tem recebido uma chuva de críticas por parte da população. Os maiores questionamentos estão relacionados as árvores arrancadas e a ausência de bancos. Recentemente o secretário de infraestrutura anunciou na mídia que o prazo para a conclusão dessa obra é de mais 30 dias. Pois é secretário... vamos sentar e aguardar.

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Rolim.