terça-feira, 10 de novembro de 2015

Eleições 2016: Candidatos ganham mais tempo para analisar troca de partido

A chamada minirreforma eleitoral, aprovada recentemente no Congresso, serviu como base para o TSE formular o calendário das eleições de 2016 quando candidatos de todo o Brasil disputarão as prefeituras e Câmaras de suas respectivas cidades. Em Tangará da Serra muita gente comemorou as mudanças, principalmente aquela que dá um prazo maior para que os pretensos candidatos “indecisos” analisem em que partido entrarão para disputar a eleição.

O prazo mudou. Nas eleições de 2014, eles tinham que se filiar com pelo menos um ano de antecedência, ou seja, o prazo já teria vencido no início do mês passado. Agora, poderão ingressar na legenda seis meses antes, até o fim de março.

Além disso, no ano que vem, a campanha começará oficialmente em 16 de agosto, ao contrário das eleições de 2014, quando os candidatos podiam pedir votos somente a partir de 6 de julho. Mudou também a propaganda no rádio e na TV, que por sua vez, começa a ser transmitida em 26 de agosto. Em 2014, os programas começaram a ser exibidos em 19 de agosto.


Outra mudança que vale destacar diz respeito as convenções partidárias para escolha dos candidatos, que deverão ocorrer entre 20 de julho e 5 de agosto. Antes, ocorriam entre 10 e 30 de junho.