terça-feira, 24 de novembro de 2015

Novo prédio para a Câmara trará lucro para o Município, defende Romer

Romer Japonês - Presidente da Câmara 
O presidente do Legislativo tangaraense, Rômer Japonês, do PR, disse em entrevista ao vivo no Balanço Geral que a construção de um novo prédio para abrigar a Câmara Municipal representa lucro para o Município. O vereador, que deixa a presidência no final de dezembro, explicou que será gasto em torno de 2 milhões de reais para a construção de um novo prédio, valor inferior aos 3 milhões que deverá ser recrutado com a venda do prédio atual.

O vereador contou que em sua gestão a frente da Mesa Diretora conseguiu junto ao prefeito Fábio Junqueira, do PMDB, um terreno ao lado da Prefeitura para construir a nova Câmara, além disso, está em estágio avançado na AMM o projeto do novo prédio. "Serão investido 2 milhões no novo prédio, mas retornarão para os cofres públicos 3 milhões com a venda do antigo, é lucro", destacou.

O prédio atual está sucateado, não tem auditório com espaço para receber a população durante as sessões e eventos, os gabinetes são deficientes de acessibilidade e mais parecem quartos de hotel. Aliás, o espaço, antes de ser adquirido para receber o Legislativo, abrigou durante muitos anos o Tangará Palace Hotel. O projeto do novo prédio prevê, entre outros, um auditório para até 200 pessoas.

Resta saber se o novo presidente, que comandar o Parlamento em 2016, irá dar continuidade no projeto.

Além deste assunto, Romer destacou ao apresentador Sílvio Delmondes conquistas de sua gestão, falou sobre a eleição de logo mais, sobre como é legislar sem corrupção tanto no Executivo quanto no Legislativo e sobre possibilidades de aumentar o número de vereadores em 2016 dos atuais 14 para 17.