quinta-feira, 16 de junho de 2016

Esportes: Em 3 anos e meio Fábio cumpriu só 20% do que prometeu em seu Plano de Governo

Especial: Plano de Governo – Esportes


Fragmento do Plano de Governo de Fábio (PMDB).
O que ele prometeu:
- Prometeu apoiar projetos sócio-educativos, mas recusou o PELC;
- Prometeu apoiar as equipes profissionais, mas não cumpriu;
- Prometeu Jogos Indígenas, mas não cumpriu;
- Prometeu apoiar Festival de Pesca e Rodeio, mas não cumpriu;
- Prometeu construir dois mini-estádios e quadras cobertas nos distritos, mas não cumpriu.
Dando continuidade a um especial abordando o cumprimento (ou não cumprimento) do Plano de Governo apresentado pelo prefeito Fábio Junqueira (PMDB) em 2012 durante a campanha eleitoral, que foi inclusive registrado no TSE e livre para que todos acessem, falarei hoje sobre o Esporte pegando como gancho uma fala recente do vereador Wellington Bezerra (PMB), que falou sobre a falta de investimentos no setor e uma matéria publicada pelo Diário da Serra onde o ciclista tangaraense, campeão estadual e de renome nacional, Sidney Canela praticamente implora por apoio para representar Tangará em um evento no Espírito Santo.

Vamos lá!

O tema esporte no Plano de Governo de Junqueira ocupa uma lauda inteira, composto por 28 itens que contemplam todas as atividades esportivas, reformas, construções, formação e até Jogos Indígenas, rodeio e Festival de Pesca. Dos 28 itens constantes no Plano consigo ver a concretização, em 3 anos e meio de mandato, de menos de 20%.

Alguns pontos chamam a atenção no Plano de Governo, pontos que logo de cara percebe-se que eram apenas promessas de eleição, promessas convincentes que não saíram do papel e sequer foram debatidas ao longo desses 42 meses de administração. Cito algumas:

- No item 2.3.1 do Plano de Governo, Fábio promete formar atletas de alto rendimento com treinamento olímpico, mas os atletas estão esperando até hoje por isso;
- No item 2.3.24, Fábio promete construir dois mini-estádios, mas não conseguiu nem reformar o Estádio Mané Garrincha, semi destruído por vendaval em 2014;
- No item 2.3.25, Fábio promete construir quadras cobertas nos distritos, todavia, o que se vê é a deterioração das que já existem;
- No item 2.3.27, Fábio promete uma pista para competições de ciclismo. Com a palavra os ciclistas;
- Dos itens 10 ao 14 ele promete apoiar a participação de atletas em eventos regionais e nacionais, o que também não ocorreu;
- No item 2.3.16, Fábio promete apoiar a realização de Jogos Indígenas...eu não vi;
- No item 2.3.18, o atual prefeito promete retomar a realização do Festival de Pesca. Bem, até onde eu sei ele fez foi acabar com os demais eventos que restavam como o Carnaval e a Festa dos Estados.

Para completar, o prefeito prometeu ainda apoiar entidades, associações e restaurar os equipamentos esportivos públicos. Basta conversar com membros de associações esportivas para saber que o Município até se recusa a dialogar com essas entidades. Quanto as reformas, ocorreram poucas, bem poucas, o estádio, por exemplo, está pior agora do que quando Fábio assumiu a prefeitura e o Modulo Esportivo recebeu uma 'reforminha' para sediar o Arraiá da Serra, senão estaria nas mesmas condições.

Atletas do ciclismo nunca foram tão deixados de lado como agora, levam o nome da cidade aos quatro cantos da América do Sul, mas não recebem um vintém furado de apoio do Município.

O futebol profissional terminou de morrer, foi sepultado e tenta ressuscitar através da força de alguns guerreiros. Até o Operário, que participa da primeira divisão do Campeonato Mato-grossense se ofereceu para mudar sua sede para Tangará da Serra, mas recebeu um ‘não’ como resposta.

Alguns itens foram atendidos na totalidade e outros em parte como o item que trata da construção de academias da terceira idade, ciclovias e pistas de caminhada, além da retomada dos Jogos Estudantis Municipais. 

O resto ficou só na promessa!

No mesmo período, Fábio trocou de secretário de Esportes uma meia dúzia de vezes. Passaram pela pasta Charles Laurini, Dunga, Bernardino, Anibale, Biguá e até o Júnior Pimenta (acumulou Esporte e Educação nos primeiros meses de Governo).

Ah, Rolim, mas ainda restam quase seis meses de governo. Bem, quem não fez em 41 meses e 15 dias não fará em 6 meses e 15 dias.

Na minha humilde opinião os esportivas foram simplesmente enganados por um Plano de Governo bonito que não saiu do papel.

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Rolim.