quarta-feira, 15 de junho de 2016

Vagner volta a defender a redução do duodécimo do Legislativo e se opõe ao fim do salário de vereadores

Vereador Professor Vagner
O vereador Professor Vagner (PSDB) voltou a defender a redução do duodécimo do poder legislativo nas três esferas, federal, estadual e municipal e de órgãos como Ministério Público e Tribunais de Contas. Na última semana o vereador havia abordado isso dizendo que Tangará deveria tomar a frente em um movimento de redução dos duodécimos em até 20% para sobrar mais recursos para o executivo fazer investimentos.

Poucos dias depois a Controladoria Interna da Câmara reagiu e disse que há problemas mais graves a serem sanados como os gastos excessivos com a verba indenizatória usada de forma livre pelos parlamentares tangaraenses. “Se quer cortar gastos, comece pelo seu”, disse na ocasião controladora Luciana Felisberto.


Ontem, Vagner disse que defende um estudo sobre a redução do duodécimo dos poderes e se colocou contra a extinção de salários de vereadores. “Há uma discussão aí pelo país sobre a extinção do salário dos vereadores, eu sou contra”, disse, explicando que no período de três anos e meio os vereadores trabalharam muito e merecem ser assalariados: “foram mais de mil projetos que analisamos e aprovamos nesse período, milhares de pareceres expedidos”, defendeu.

ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Blog do Rolim.