sexta-feira, 22 de abril de 2016

Tangará da Serra perdeu um de seus grandes ícones políticos: Alvides Favetti, o Favettão

Alvides José Favetti, o Favettão
Faleceu na tarde desta sexta-feira,22, no Hospital Santa Ângela, em Tangará da Serra, o ex-vereador e ex-presidente da Câmara Municipal Alvides José Favetti. Ele passava por tratamento de saúde e estava internado no hospital onde passava por cuidados médicos.

Com a morte de Alvides Favetti Tangará da Serra perde um de seus grandes ícones políticos. Favetti, Favettão como era chamado entre os amigos e admiradores, foi vereador por quatro mandatos e comandou o Legislativo em 2003 quando fazia parte do PP. Respeitado no meio político pela sua postura, Favetti e sua família ajudaram a construir Tangará da Serra.

Enquanto presidente do Legislativo em 2003, Favettão ficou conhecido pela sua conduta ao dar suporte para que os vereadores trabalhassem, iniciou a reforma do plenário de sessões, renovou boa parte dos equipamentos legislativos e bateu de frente com a política estadual quando no início de 2004 comprou uma briga ligada a diminuição do número de vereadores de 14 para 10.

Favettão na época defendeu que houvesse também a redução no número de deputados estaduais, deputados federais e senadores. “A diminuição no número de vereadores não representa nenhuma economia diante da quantidade de deputados e senadores que o país tem”, disse à época.

E polemizou: “São mais de 20 deputados estaduais, mais de 80 senadores e mais de 500 deputados federais. É muita gente e o pior é que a maioria só atrapalha o desenvolvimento do Estado e da Nação”, argumentou Favetti, explicando que na sua análise o senado Federal poderia ser extinto.

Também na mesma época em que foi presidente do Legislativo ocorreram diversas denúncias e aberturas de processos contra o ex-prefeito Jaime Muraro. Favettão conduziu os trabalhos com seriedade e garantiu que os processos caminhassem dentro da legalidade.

“Mais uma daquelas pauladas da vida que deixa a gente meio nocauteado, meio sem rumo...meu irmão, meu amigo, meu professor na gaita...o que me inspirou a tocar e alegrar tantas pessoas nos deixou,que descanse em paz e eu continuo por aqui chorando, sofrendo com a perda do quarto irmão”, lamentou o irmão de Alvides, Tony Favetti em sua página no Facebook.

“(...) acima de tudo um homem que trazia alegria com sua gaita e sua voz para a comunidade Tangaraense, nosso carinho e apreço por toda a Familia Favetti”, disse o vereador Wellington Bezerra (PMB).

O prefeito Fábio Junqueira (PMDB) também expressou suas condolências e decretou luto oficial.

Alvides Favetti deixa raízes em Tangará da Serra através de seus filhos e netos.


O corpo de Favettão está sendo velado na Capela Mortuária em frente ao Cemitério Jardim da Paz onde seu corpo será sepultado neste sábado, 23, a partir das 10 horas da manhã.