terça-feira, 29 de março de 2016

Câmara poderá abrir inquérito para apurar uso de máquinas da prefeitura em área particular

Máquina da Prefeitura trabalhando no local
Após receber uma denúncia, um grupo de vereadores foi até a Fazenda Palmital, localizada a cerca de 15 quilômetros da cidade de Tangará da Serra seguindo pela Estrada do Ararão, para certificar se há crime de utilização indevida de máquinas da Prefeitura e crime de natureza ambiental no local.

Supostamente, de acordo com imagens divulgadas pelo presidente da Casa de Leis Sílvio Sommavilla, máquinas da Prefeitura, administrada por Fábio Martins Junqueira (PMDB), estão sendo utilizadas na realização de benfeitorias no interior da referida fazenda em um percurso de 7 quilômetros. A suspeita, segundo ele, é que houve uma permuta entre o Município e o proprietário da fazenda o que é ilegal.

"Vamos apurar se houve algum crime, temos o fato agora é investigar", disse Sommavilla.

Outro agravante, ainda segundo o vereador, é que a cascalheira pode não ter licenciamento ambiental.

Diante das denúncias e das imagens. a possibilidade é de se propor ainda hoje na sessão da Câmara a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar as denúncias. "Dizem que a gestão atual é pautada na honestidade e transparência então creio que não há nada de errado, se houver tem que ser responsabilizado", disse Sommavilla.

Visitei in loco a estrada rural que passa por dentro da Fazenda Palmital de onde está sendo retirado cascalho para aterrar a Estrada do Ararão e constatei que de fato havia uma estrada antiga no local e que recebeu melhorias. Tais melhorias, segundo informou o secretário de Infraestrutura Selton Vieira, foram feitas para facilitar o trânsito dos caminhões carregados de cascalho.
  
No local onde funciona a cascalheira, encontramos máquinas e caminhões trabalhando na retirada de uma camada de solo (seixo) a aproximadamente 45 metros de um córrego. O secretário garante que não há crime ambiental e que a cascalheira obedece as normas legais.
  
Para o secretário há uma denúncia de cunho político para tentar desestabilizar a gestão.
  
A expectativa é que a Câmara proponha uma comissão de inquérito para apurar se há ou não irregularidades ainda hoje.

Máquina Prefeitura na estrada dentro da fazenda

Máquina Prefeitura na estrada dentro da fazenda
"Vamos apurar se há algum crime", disse vereador



Máquina Prefeitura na estrada dentro da fazenda

Estrada passa pelo interior da Fazenda Palmital

https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif